Monaco bate Olympique de Marselha e retoma a segunda colocação da Ligue 1

Neste domingo (17), durante o clássico do mediterrâneo, o Monaco venceu o Olympique de Marselha por 2-1, no estádio Louis II. Assim ressurgindo na disputada vice-liderança do Campeonato Francês. Os gols foram marcados por Bernardo Silva  e Raggi do lado dos Rouge et Blanc, já pelos marselheses o belga Batshuayi descontou no último minuto da partida.

O jogo começou com um domínio assustador dos monegascos, pressionando e aproveitando o erro nas saídas de bola dos visitantes. Porém, pecava na execução das jogadas, muito porque Adama Traoré desperdiçava. Aos 21 minutos do primeiro tempo o marfinense estava impedido. Este mesmo deu uma de zagueiro do OM, no chute Fabinho.

monaco-eclipse-l-om-et-se-relance-a-la-2e-place-iconsport_blo_170416_40_13,140188
Helder Costa disputando bola com Lucas Silva. ( Foto: Icon Sport)

O que resume a grande incógnita dessa temporada, o Monaco tem um bom time, todavia falta um centroavante. Ao contrário do Lyon que tem o excelentíssimo Lacazette. Jardim deixou Vagner Love no banco, e o argentino Carrillo que tecnicamente são superiores ao Traoré, este muitas vezes parecia perdido em campo.

O Olympique ajudou o principado, com seus erros defensivos, o que fazia Bernardo Silva criar jogadas em demasiada liberdade, parando muitas vezes apenas nas excelentes defesas de Mandanda, se não fosse por ele o placar seria elástico.

Na segunda etapa a história foi diferente, os donos da casa continuaram pressionando. E em apenas 2 minutos da volta do intervalo, Toulalan roubou a bola sem falta, no enésimo erro do Marseille e tocou para Bernardo Silva, o português avançou e chutou da meia lua para abrir a contagem. O camisa 10 inclusive foi o melhor em campo, armando jogadas e chamando o jogo pra si.

Ligue-1-l-AS-Monaco-enfonce-un-peu-plus-l-OM
Bernardo Silva marcando primeiro gol dos rouge et blanc nesta noite (Foto: VALERY HACHE/AFP)

O Marselha continuou perdido, errando e vendo os comandados de Jardim crescerem a cada minuto, o segundo gol era questão de minutos e ele veio aos 25 do segundo tempo. Em uma cobrança de escanteio, Fabinho desviou e Raggi como um atacante, fuzilou as redes.

Ainda teve chance para o técnico português tirar o péssimo e confuso Traoré e colocar Carrillo que nada fez, mas mostrou ser mais habilidoso que o outro. Mesmo jogando um futebol envolvente, chegando até a ouvir gritos de olé da sua torcida, no último minuto o Monaco sofreu um gol. Batshuayi recebeu a bola de Fletcher e diminuiu.

Com essa vitória o atual vice-líder chega aos 58 pontos encerrando uma série de 2 derrotas. O próximo confronto é diante o Rennes, no próximo domingo, dia 24 ás 16hs, pela 35ª rodada. Confronto direto na busca por vaga na UEFA Champions League. Mais uma final que o vermelho e branco jogará. O Stade Rennais, encontra-se com 51 pontos, 7 a menos do que o principado.

Curiosidades:

O Monaco está invicto nos últimos 21 jogos que Lacina Traoré atuou, são 11 vitórias e 10 empates.

A torcida do Marseille foi proibida de ir ao Louis II apoiar seu time.

Bernardo Silva é carrasco contra o Marseille, na temporada passada o meia já havia brilhado e marcado o gol da vitória de 1-0, no mesmo Louis II.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s